Desenvolvimento da rede de transportes




Na primeira metade do século XX as atenções concentram-se no transporte aéreo.
 
A abertura ao mundo, por esta via, iniciou-se através dos hidroaviões, que começaram a operar a 15 de Maio de 1949, com aparelhos da "Aquila Airways". Posteriormente e até 1958 sucede-lhe a Artop. Durante este período, desembarcaram 32.838 passageiros.
 
Em 1960, é inaugurado o Aeroporto da ilha do Porto Santo e o Arquipélago da Madeira passa a beneficiar, pela primeira vez, de carreiras aéreas regulares entre as duas ilhas, cuja ligação já era assegurada pelo transporte marítimo a cargo dos Ferry-boats "Lisbonense" e "Cedros".
 
Em 1964, o turismo da Madeira ganha uma outra projecção, com a construção do Aeroporto de Santa Catarina, com uma pista de 1600 metros de extensão. A nova infra-estrutura permite que os aviões operem na ilha e estes, beneficiando de carreiras domésticas, internacionais e charters, conseguiram movimentar, na altura, largas camadas turísticas. A pista deste aeroporto foi ampliada, no ano de  2000, para 2781 metros, construída parcialmente em laje sobre o mar, ficando assente em 180 pilares. Neste aeroporto internacional também operam voos domésticos.

Foi também na primeira metade deste século que se deu o aumento do Porto do Funchal, que consistiu no alargamento do cais em todo o seu comprimento e no seu prolongamento.

Nesta época deu-se também o início da construção de estradas que passam a ligar as diferentes localidades entre si.
 
Youtube Flicker RSS ISSUU
Europes Leading Island Destination - WTA Award Madeira Islands SRETC Região Autónoma da Madeira