Tradição do fogo-de-artifício

Sabia que… a tradição do fogo-de-artifício na Ilha da Madeira remonta ao século XVII?

É verdade! Já nesta altura, a passagem de ano era assinalada com fogueiras que se acendiam, iluminando e preenchendo de cor e de brilho os lares madeirenses.
Mais tarde, no século XVIII, a comunidade inglesa residente na ilha introduziu o lançamento dos foguetes para marcar o início do Ano Novo.
Um século depois, o banqueiro madeirense João José Rodrigues Leitão optou por recriar esta tradição e a verdade é que, a partir daqui, as famílias abastadas da ilha começaram a competir umas com as outras, no lançamento dos foguetes, promovendo assim um espetáculo de fogo-de-artifício que se alastrava até às zonas mais altas da cidade.

O espetáculo pirotécnico servia, já na altura, para prolongar, pela noite dentro, as comemorações nos salões de baile.
Este espetáculo foi crescendo ao longo dos anos e ganhando mais adeptos até alcançar, em 2006, o reconhecimento internacional de “Maior Espetáculo de Fogo-de-Artifício do Mundo” pelo Livro de Recordes do Guinness.
Youtube Flicker RSS ISSUU
Europes Leading Island Destination - WTA Award Descubra Madeira Região Autónoma da Madeira SRTC