Madeira reabre com segurança e confiança

Madeira reabre com segurança e confiança
A Região Autónoma da Madeira (RAM) decidiu o reinício da atividade turística para o dia 1 de julho, data em que é eliminada a quarentena obrigatória.
A retoma será realizada com segurança visando a recuperação da confiança de todos: viajantes, trabalhadores do setor e população em geral.
 
 
A partir do dia 2 de junho, a quarentena obrigatória pode ser evitada pelos viajantes que apresentem um teste PCR com resultado negativo, realizado nas últimas 72 horas face à hora do desembarque.
 
 
O percurso realizado pela RAM, no combate pandémico, colocou-a, pelas medidas adotadas e pelos resultados obtidos, numa situação extraordinariamente favorável, não só pelo reduzidíssimo número de casos positivos (90) mas também porque nunca existiu contaminação ativa e não se verificou qualquer falecimento provocado pela COVID-19.
 
 
A RAM foi pioneira, em Portugal, na criação de um documento de Boas-práticas - COVID SAFE TOURISM, resultante do envolvimento de todo o sector turístico e a opção pela Certificação do Destino em matéria de segurança sanitária reforça o posicionamento assumido perante todos aqueles que pretendem visitar as ilhas da Madeira ou o Porto Santo.
 
Consolidando o trabalho realizado, o Governo Regional da Madeira (GRM) optou pela realização de testes, a todos os viajantes, à chegada à RAM.
Esta medida permite que todos os visitantes possam ter a certeza de que, para além de encontrarem uma população sem a presença do vírus, todos os que entraram foram devidamente analisadas, promovendo-se, dessa forma, um ambiente de elevada segurança e gerador de expressivos níveis de confiança.
 
Para que não resulte qualquer sobrecusto aos visitantes, o GRM decidiu assumir a totalidade dos encargos referentes à realização dos testes à chegada à RAM que podem, no entanto, ser evitados caso o passageiro opte por apresentar um teste PCR com resultado negativo, realizado nas últimas 72 horas face à hora do desembarque.
 
Todo o processo de realização dos teste à chegada à Região Autónoma da Madeira está a ser elaborado pela Autoridade Regional de Saúde, contando com a colaboração da ANA - Aeroportos de Portugal, e procura a maior celeridade e o menor incómodo para os viajantes. Oportunamente, serão conhecidos os pormenores deste mesmo procedimento.
 
 
A evolução epidemiológica inerente à COVID-19 será tida em conta no desenvolvimento do plano de reabertura definido para a Região Autónoma da Madeira.
 
 
Importa referir que a circulação entre as ilhas da Madeira e do Porto Santo encontra-se dispensada de qualquer controlo do estado de saúde dos respetivos viajantes. 
 
 
O Governo Regional da Madeira, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, e a Associação de Promoção da Madeira trabalham em sintonia na afirmação das parcerias com todos os stakeholders e é nosso desejo continuar a contar convosco mantendo sempre um canal direto e aberto na partilha de conhecimento e experiência, afirmando a disponibilidade permanente das nossas equipas.
Voltar
Partilhar
Youtube Flicker RSS ISSUU
World´s Leading Island Destination 2019 - WTA Award Descubra Madeira Região Autónoma da Madeira SRTC