Os olhos também tem muito para apreciar.

Seixal
Miradouro do Véu de Noiva - Uma queda de água emblemática, uma vista da costa norte da ilha, numa zona onde se avistam também vinhas. 
 
Chão da Ribeira - É um vale com grande tradição, onde ainda se podem ver os velhos palheiros, aquelas construções onde se guardavam os utensílios da agricultura, que fazem parte da paisagem, assim como os socalcos e a floresta da Laurissilva, Património da Humanidade. Mais abaixo aparecem algumas vinhas.
 
As vinhas de latada junto ao mar - Na estrada entre São Vicente e o Seixal, em vários pontos de paragem com vista para o mar batido, podem apreciar-se várias vinhas muito perto do mar, algumas mesmo a apenas poucos metros da água. A maior parte são vinhas de latada, ainda a produzir uvas para os produtores locais.
 
As vinhas de montanha - Também naquelas montanhas, que parecem nascer no mar e vão ganhando altitude, se podem apreciar muitas vinhas, a maior parte delas em socalcos suportados por muros de pedra vulcânica. E que podem ir até aos 650 metros de altitude. Mais uma vez, um dos poucos sítios no mundo onde se produz vinhos de montanha. Em qualquer dessas vinhas, a paisagem é arrebatadora, com aquelas falésias, por vezes a pique, sobre um mar revolto e selvagem. Que ajuda também a perceber a salinidade que muitos dos vinhos da Madeira apresentam. 
 
Câmara de Lobos
As vinhas de latada do Estreito de Câmara de Lobos - É a zona de maior extensão de vinhas na Madeira e uma das suas caraterísticas são as vinhas de latada, que se vêm por todo o lado. Desde a Fajã dos Padres, mesmo junto ao mar, até ao Jardim da Serra, lá em cima a mais de 600 metros de altitude, a vinha marca presença assídua na paisagem deste concelho. 
 
Arco de São Jorge
Campo Experimental de Viticultura, que inclui o Museu da Vinha e do Vinho, um local onde se pode aprender muito e que ajuda a perceber os vinhos da Madeira e as suas castas, e onde se encontram as castas utilizadas habitualmente nos vinhos da Madeira.
 
Funchal
Vinhas da Quinta de Santa Luzia
Pertence à família Blandy, integradas naquilo que era uma quinta tradicional madeirense. Para além dos vastos jardins e árvores de grande porte, tem a curiosidade de ter vinhas ainda a produzir uvas para alguns dos vinhos da Madeira Wine Company, também da mesma família, mesmo no centro do Funchal.
 
Caniçal
No Parque Agrícola do Caniçal podem ser apreciadas algumas vinhas, exploradas por vários produtores de vinhos de tranquilos da Madeira. Vão quase até ao mar e estão mesmo ao lado do Museu da Baleia.
 
Estreito da Calheta
Quinta das Vinhas
Numa zona onde há alguma concentração de vinhas, anteriormente um campo experimental onde foram plantadas várias castas. Agora pertence a um hotel rural de grande qualidade.
 
Porto Moniz
Miradouro Fajã do Barro
Neste miradouro podemos encontrar não só as vinhas da Fajã do Barro como também, abaixo deste, sobre o mar, as vinhas da Fajã de Manuel e do Arrudal da Ribeira da Janela. Avistamos ainda o Seixal e as Contreiras até S. Vicente.
 
São Vicente
Ginjas
Ao chegar às Ginjas avistamos todo o vale de S. Vicente, com vinhas de ambos os lados da montanha como paisagem predominante. De cortar a respiração.
Youtube Flicker RSS ISSUU
Descubra Madeira World´s Leading Island Destination 2019 - WTA Award SRTC Região Autónoma da Madeira