Dia Internacional dos Museus

Dia Internacional dos Museus
O Governo Regional volta a associar-se ao Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio, uma das datas mais relevantes para os espaços museológicos, que se comemora desde 1977 após proposta do Organismo da UNESCO, ICOM – Conselho Internacional dos Museus. Este ano, o tema escolhido pelo Conselho Internacional dos Museus ‘Futuro dos Museus: Recuperar e Reimaginar’.
Assim, a efeméride é assinalada pelo executivo madeirense através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura promovendo visitas orientadas, exposições, oficinas e conferências, com entradas livres.
 
A agenda é extensa e com atividades para todos os gostos e faixas etárias.
O Universo de Memórias João Carlos Abreu expõe os trabalhos elaborados pelos participantes nas atividades de artes plásticas a que deram por título “Reimaginar” enquanto que na Quinta Magnólia – Centro Cultural serão os contos que darão outra cara à exposição “Whose Masks”, patente no centro cultural. Para esta atividade, no interior e exterior, o centro cultural conta com a narradora Sofia Maul.
 
Também no Funchal, mas na Casa-Museu Frederico de Freitas, terá início o projeto “Arquivo de Memórias Dr. Frederico de Freitas”.
 
Por seu turno, o Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente´s criou a rubrica “Uma Visita com…”, onde um convidado conduzirá a visita online e em direto nas redes sociais da Secretaria Regional de Turismo e Cultura. Poderá questionar os colaboradores do espaço sobre as peças e chegar a lugares menos conhecidos.
Além disso, o Museu apresenta também várias demonstrações dos processos de revelação fotográfica  e os visitantes podem fazer registos fotográficos no estúdio oitocentista 
 
Já na Torre do Capitão, em Santo Amaro, é apresentada a conferência “Uma imagem Mariana”, com o Martinho Mendes, divulgando nas redes sociais imagens deste espaço considerado o mais antigo vestígio de arquitetura militar existente na Madeira.
O Museu Quinta das Cruzes programou a Hora do Conto “O Museu do Futuro” e lança em simultâneo online e em papel, os Boletins MQC nº 14 e MQC Infantil nº 11.
 
Já no concelho de São Vicente, o Solar do Aposento prepara-se para visitas detalhadas sobre o imóvel e as coleções desta tradicional casa madeirense abastada e que possui peças adicionadas e provindas do Museu Quinta das Cruzes, reforçando desta forma, a dimensão da casa ao gosto madeirense do século XIX e de boa parte do século XX.
No concelho da Ribeira Brava, o Museu Etnográfico da Madeira promove a oficina ao vivo com a artesã Madalena Andrade, que se desloca da Ponta do Pargo ao museu e que irá desenvolver a oficina de cestaria tradicional, procurando assim, valorizar e divulgar esta arte que poderá contribuir para a criação de novas oportunidades económicas, dentro do lema proposto pelo ICOM – recuperar. Posteriormente, os serviços educativos do museu farão a divulgação em suporte digital, o conteúdo da oficina de cestaria, criando uma ferramenta, que permitirá uma maior fruição cultural.
Na Calheta, o MUDAS. Museu promove online obras de arte em contexto escolar. Uma obra de arte, um leque variado de conteúdos, apresentado aos alunos como proposta de (re) conhecimento do nosso património cultural e artístico.
 
As informações sobre as várias atividades programadas podem ser acompanhadas através do portal Cultura Madeira: https://cultura.madeira.gov.pt/
Voltar
Partilhar
Youtube Flicker RSS ISSUU
Madeira. Tão Tua World´s Leading Island Destination 2020 - WTA Award SRTC Região Autónoma da Madeira